domingo, 28 de abril de 2013

Teimosia




Ensaio sobre o poema de Madre Tereza de Calcutá


"Muitas vezes, no seu caminho aparecerão pessoas egocêntricas, ilógicas
E insensatas.
Perdoe-as assim mesmo.
Quando se é gentil, as pessoas o acusarão de egoísta ou interesseiro.
Seja gentil mesmo assim.
Se você é um vencedor, terá muitos falsos amigos e um exército de inimigos verdadeiros.
Vença igualmente.
Se você é honesto, ingênuo e franco, as pessoas podem enganá-lo.
Seja honesto, ingênuo e franco assim mesmo.
O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa mesmo assim.
Se você tem paz e é feliz, as pessoas sentirão inveja.
Seja feliz e tenha paz assim mesmo.
O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã.
Faça o bem assim mesmo.
Seus erros podem ser lembrados por todos aqueles que o detestam.
Perdoe a si mesmo e esqueça.
Dar sempre o melhor de você pode não ser o bastante.
Dê o melhor assim mesmo.
A morte não é a simples perda da vida.
A morte é o que morre dentro de nós enquanto vivemos.
Portanto, construa sonhos.
Construa suas vitórias.
O Universo espera que você mostre seus sonhos,
E as estrelas estão prontas para aplaudir suas realizações.
A paz somente é conquistada quando desafiamos o mundo e nos escondemos dentro do nosso próprio coração.
Medite, vibre e mantenha a chama do seu entusiasmo sempre acesa.
No final das contas, é tudo entre você e Deus.
Nunca foi entre você e as outras pessoas."




2 comentários:

  1. Já estou te seguindo
    seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Mariana! Bondade sua! Já estou seguindo o seu blog também, achei bem bacana.

    Beijo grande

    ResponderExcluir